Aprenda tudo sobre a saúde da sua gengiva – evite sangramentos e mau hálito.

verdades-aparelho-ortodontico-que-nunca-te-contaram-blog-ortobom-odontologia-franquia-dentistas
As verdades sobre aparelho ortodôntico que nunca te contaram
16 de agosto de 2017
lentes-contato-dental-por-que-tantos-famosos-estao-usando-blog-ortobom-odontologia-curitiba-franquia-dentista
O que são lentes de contatos dentais e por que tantos famosos estão usando?
16 de agosto de 2017

Não são somente os dentes que precisam de cuidados, os tecidos ao redor deles também precisam, e muito!

 

Uma das dúvidas mais recorrentes que vejo no consultório odontológico é: “Doutora, eu escovo os dentes e passo fio dental, por que a minha gengiva sangra? ” Sangramentos na gengiva estão associados ao acúmulo de placa.

 

Quando escovamos nossos dentes com eficiência, fazemos a desorganização da ¨placa¨ ou ¨biofilme dental¨, que é uma película formada na superfície dos dentes e é constituída essencialmente de bactérias e restos alimentares. Todos nós temos placa bacteriana pois as bactérias estão constantemente presentes em nossa boca.

 

Elas formam a nossa microbiota normal, que é fundamental no desenvolvimento e homeostasia do organismo humano. Essas bactérias aproveitam os nutrientes contidos nos alimentos que ingerimos e aqueles contidos na saliva para se desenvolver. Causando não somente a inflamação na gengiva como também o mau hálito.

 

Quando não removemos essa placa eficientemente ou somos mal orientados quanto à sua remoção, essa placa se acumula na margem da gengiva causando a inflamação da mesma, que é a Gengivite. Se a placa não for removida, ela calcifica e se transforma numa placa endurecida que é o cálculo, este pode levar à problemas mais sérios como a perda de osso que é o tecido que sustenta o dente, podendo levar até mesmo à mobilidade e perda do dente.

 

A inflamação ou infecção dos tecidos periodontais podem gerar odores ruins na boca, causando a ¨halitose¨, que é o mau hálito. Lembrando que o mau hálito pode ter diversas causas, como: ingestão de bebidas alcoólicas, o fumo, má higiene bucal, diabetes, doenças periodontais, infecção dos seios maxilares ou paranasais, infecção de garganta, pulmão, entre outras causas, portanto é sempre importante buscar orientação do cirurgião dentista para saber qual a real causa da halitose.

 

“Mas Doutora, o que eu faço quando a minha gengiva sangra? ”

 

Nesses casos, o importante é caprichar na higienização dos dentes e uso do fio dental, porém normalmente tratar isso sozinho pode não ser possível e precisamos recorrer à ajuda profissional.

 

O seu dentista irá fazer uma raspagem e remover esta placa ou cálculo, cessando o sangramento e devolvendo saúde aos tecidos periodontais. Além disso, uma orientação de higiene pode ser necessária para que você, paciente, possa melhorar a eficiência da sua escovação, evitando assim, estes problemas. De qualquer forma, não pode-se deixar de frisar a importância de um acompanhamento odontológico pelo menos a cada seis meses.

 

Autora: Dra Thaise Menezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *